Sabor de chuva

26/05/2021

Perdida em pensamentos
Observando a chuva
Que caia naquele silencioso
Final de tarde
Enquanto te esperava
Fiquei admirando os pingos
Pulando nas folhas das árvores.Lembrei-me da saudosa mãezinha
Ela dizia: "Minhas plantas
estão sorrindo" sempre que chovia
Ela falava e ficava olhando para
Seu belo jardim
Ainda consigo ouvir sua voz suave
Entrelaçada ao barulho
Cadenciado da chuva.Escutando teus passos
Viro, vislumbrando tua imagem
Abrindo o portão vagarosamente
Se aproximando com um sorriso
Totalmente encharcado
Um arrepio percorre meu corpo
Corro ao teu encontro
Nosso beijo...
Saborosamente molhado.