Desabrochar

26/05/2021

A flor que alegre desabrocha

No encantamento do meu jardim

Exala perfume doce e suave

Desperta inveja no jasmim

Corpos inquietos estremecem

Olhos faiscantes palpitam

Mãos trêmulas se aquecem

Enquanto corações crepitam

Ao colhê-la, sons de flauta

Reverberam no sem fim

O amor que floresce no peito

Transforma tudo que há em mim!

Rosangela Bruno Schmidt Concado
Santo Amaro Da Imperatriz- Santa Catarina