Convivência

10/02/2021

Se me perguntassem
Se ele me fez feliz?

Com toda a certeza lhe diria
-- Não, você não me fez feliz!

Muitos podem até me questionar que vantagem teve então de com ele estar?
Bem, posso dizer que os desafios me excitam por isso quis muito outra vez com ele estar
Na esperança de reviver momentos únicos e festejar
Mas, como o tempo passa e tudo transforma
Tudo mudou...
Minha expectativa...Pesadelo virou
Naquela linda cidade dias sozinha me deixou
A solidão bateu forte...
Foram noites morrendo de saudade de quem um dia conheci
Me desiludi...sofri...luto chorei
Estava a ponto de deixar e sem ti partir
Foi quando te perguntei se com a nova realidade ainda assim queria vir?
E no impulso me disse:
--Sim... Eu quero ir!
Com o coração apertado desse lugar saímos, na ilusão de aqui bem longe eu pudesse encontrar aquele cara que um dia por acaso pude sentir
Dias se passaram e mais perdida fiquei
Este cara era muito diferente eu não o reconheci
Uma outra pessoa que para cá veio
E mesmo vivendo ao meu lado o silêncio era o que reinava
Já não dançava... já não falava...já não me percebia...já não me admirava...já não me tocava... nada de abraço... tampouco acariciava...
Me senti destroçada...Rejeitada...
Você ali tão perto ao meu lado!!!
Sim...Estava bem ali... ao meu lado...mas, sempre frio e ausente...
Uma enorme montanha se fez entre a gente
Estava ali
Em um mundo só seu buscando algo para suprir sua carência e, na distância sem se dar uma chance de conviver... de ser amigo, companheiro, confidente... Estava ali em um mundo só seu
Dias e dias vivendo lá no passado sem se dar conta da vida preciosa que perdeu
Por ti arrisquei tudo...
Esforço financeiro... além do meu limite
Tudo para tê-lo aqui
Para cumprir um sonho, o sonho "seu"
E a mim o que restou? Migalhas de carinho!
Sim foram migalhas de carinho
Sim...Ali trancado feito estátua fria sem compartir...Sem disfrutar
Muitos me disseram: Se fosse eu...Já teria xingado, brigado e de volta o teria enviado
Mas graças a dádiva de discernir que me foi dada do alto aos poucos fui me dando conta de que este homem nada mais era que um menino amedrontado...Perdido e fragilizado
Fui entendendo que para ele era difícil expressar o amor porque poucas vezes recebeu...
Uma habilidade que dos pais não aprendeu
Então busca aprender com a dor as mais variadas formas de amar
E eu mesmo tendo todos os motivos para desistir de você
Mesmo assim não desisti

Posso dizer
Que aprendi
Que fui feliz
Sim...Fui feliz
Contigo me reinventei
Fui além...
Busquei todos os dias razões para amar
Busquei no amor a gentileza
A generosidade
O carinho
Em um olhar genuíno
Capaz de ultrapassar as mil e uma forma de amar
É possível?

Sim... É possível!

Se você se permitir

Dar o seu melhor
E o bem compartilhar...



Mentira

Um dia você na minha vida surgiu
Falamos muito de ética
E de um valor fundamental
A lealdade
Na qual firmamos nossa amizade
Caso contrário nossa amizade ficaria por um fio
Mas a lealdade
Em um passo de mágica sumiu como um sofro do vento
Foi jogada na correnteza do rio
As palavras que falaste e escreveste
Esqueceu
O significado da "lealdade" você jamais entendeu
Omitiu...
Mentiu...
E a promessa anteriormente firmada não cumpriu
Uma... Outra e outra mentira...na sequencia surgiu
Agora sou eu que não confio
Pois no meu descredito você caiu.